terça-feira, outubro 09, 2007

AMIGOS DE VERDADE.



Ontem, me perguntaram, quantas pessoas podem contar com amigos de verdade. Daqueles que lhe conhecem bem, aos quais você não tem vergonha de expor suas dores. Para quem você liga chorando e não se constrange com isso. Que sempre estão do seu lado, mesmo quando você pisa na bola. Que rezam com você e lhe inclui nas suas orações. Isso tudo sem afetação. Na mais natural das atitudes.
Quantos podem chamar aquele amigo, que já não faz parte de sua rotina, mas que em poucos minutos ele chega, lhe oferece o ombro e lhe ajuda a enxugar as lágrimas?

Quantos lhe pegam em casa para sair e fazem questão disso? Quantos lhe emprestam a melhor roupa, aquela que nunca usou, sem fazer alarde?
Quantos lhe fazem companhia nos bons e maus momentos.?
Quantos passam uma tarde em torno de xicaras e mais xícaras de café ouvindo suas teorias sobre a vida e não se cansam?

Quantos você acorda às 7h da madrugada para falar de mais um amor que se vai?Quantos lhe lembram as suas qualidades para você se sentir melhor e torcem sinceramente pela sua felicidade?

Quantos lhe recebem em casa e lhe preparam a sua sobremesa predieleta para lhe aliviar a tristeza?

Pois, bem, eu tenho. Nesses dias pude comprovar alguns dessas demosntrações de afeto. Lembrei de outros momentos nos quais pude usufruir dessa dádiva , então fiz uma listinha: pequena e maravilhosa. Eu tenho amigos de verdade. Guardo essa riqueza comigo e farei tudo para não decepcioná-los.
Amo vocês!
Veca

10 comentários:

Anônimo disse...

Veca:
Vi seu texto "amigos de verdade" e fiquei feliz e ao mesmo tempo emocionado.

Feliz por vc possuir essa dádiva de colocar no papel seus sentimentos de maneira clara e sincera, o que a torna detentora de uma escrita impar, carregada de emoçoes e sinceridade. Com certeza esse dom lhe impulsiona vida afora muito mais do que vc possa imaginar. Continue fazerdo bom uso dele!

E também fiquei emocionado por saber que partilho de sua amizade sincera e fiel. O que vc recebe de seus "amigos de verdade" nada mais é - como lhe disse há dois dias - do que a simbiose da energia boa que vc dispensa a todos eles. É a lei da causa e do efeito, onde colhemos o que plantamos. E, via de regra, as boas plantaçoes frutificam bem mais rápido que as demais. Assim, essa colheita é completamente sua e, essencialmente, por mérito seu!

Quanto às colheitas das más plantaçoes, sejam elas decorrentes das sementes inférteis - mesmo adquiridas de boa fé, ou das intempéries da vida, não as armazene em seu celeiro. Lance-as ao vento para que se dissipem no ar e nunca - por hipótese alguma - guarde-as junto às sementes de boa qualidade. Nesses casos é essencial separar o joio do trigo.

Assim, minha grande "amiga de verdade", siga adiante vida afora, sem permitir que coisas menores a impeçam de alçar voo. O ceu e o infinito azul são para aqueles que se arriscam a sair do chão. É vc é uma dessas pessoas.

Um garnde abraço carinhoso.

Dú.

Evelyne Furtado disse...

Du,meu lindo "amigo quase irmão"! Que alegria ler seu comentário! Vc que é tão avesso à net, veio encher de alegria meu coração. Sinal que se encontrou no meu texto. Mais do que isso, o seu comentário, além de verdadeiro e carinhoso, tem todos os bons adjetivos do escritor que já conheço. Tá lindo!
Obrigada.
Veca
Veca

sylvinha disse...

Mãe adorei!
Sou sua amiga!
beijo

O Escrevinhador disse...

Veca, querida amiga do Orkut, comunico-lhe que hoje publiquei mais uma de suas inspiradas crônicas no espaço Literário do Comunique-se. Um grande abraço, querida amiga. E parabéns pelo seu talento.

Evelyne Furtado disse...

Vinha, meu doce, você é a mais linda companeheira e amiga que eu tenho. Te amo, flor!
Beijos de mãe.

Evelyne Furtado disse...

Que honra, querido Escrivinhador! Muito obrigada pela visita carinhosa e pela publicação do meu Texto do Comunique-se. Fico muito honrada.
Um abraço e um ótimo fim de semana.

Anônimo disse...

Vequinha.
Como é bom desfrutar de sua amizade sincera, inteligente e elegante.
O melhor é saber, que você além de amiga no cafezinho é um espetáculo quando escreve, pois tem o dom de fazer com que nos sintamos em um conto de fadas.
E se o cafezinho for em Paris... a realidade é ainda melhor.
Sucesso, minha querida amiga, quase-irmã.
Beijos.
Veruschka Filgueira.

Evelyne Furtado disse...


Chego em casa e encontro uma pérola dessa no meu blog. É o máximo saber que você, minha amiga do coração e quase irmã, gostou do que viu, pois sempre lhe mando por e-mail meus textos.
Adoro você e quero continuar tomando nossos cafezinhos no MidWay ou em Paris, rs.
Beijos e obrigada pelo lindo comentário.

Roberto Passos do Amaral Pereira disse...

Um verdadeiro amigo é algo impar. Parabéns pelo belo texto!

Evelyne Furtado disse...

Oi, Roberto!
Mais uma vez obrigada. Amigos são essenciais nas nossas vidas,mesmo.
Um abraço.