quinta-feira, dezembro 22, 2005

Hoje minha alma pede conforto. A criança que mora em mim pede doces.A mulher quer afeto e companheirismo.Eu quero compreensão do que sou.Quero paz e liberdade e eis o confronto com o amor: a independência grita e o coração ressente-se.
Tenho fome de vida hoje.Mas a fome é seletiva,não é qualquer vida que me apraz.Quero a vida compatível com meus sonhos, quero o amor que me ajudaram a sonhar.
Quero paz em minha volta e no mundo, ainda que seja utópico esse querer ,que insisto em ter.
Quero a minha filha voando alto e sendo feliz.Preparos suas asas, ensino-a voar, porém quero-a junto a mim, nos incontáveis abraços que trocamos ao longo do dia.
Quero ser amiga de todos os meus amigos, ainda que nem sempre nos sentemos na mesma mesa, mesmo assim quero poder dizer um alô ao telefone, marcar um almoço, desabafar ou ouví-los, para chorarmos ou rimos juntos.
Hoje quero um mundo que não tenho e quero agradecer o que tenho.
Quero refletir hoje e amanhecer melhor amanhã, aproximando os sonhos da possibilidade de suas realizações, como teoricamente já aprendi.
Quero crescer e ser feliz!

Um comentário:

lucyericks8106 disse...

I read over your blog, and i found it inquisitive, you may find My Blog interesting. My blog is just about my day to day life, as a park ranger. So please Click Here To Read My Blog