quinta-feira, setembro 29, 2005

Tapeçaria

Torço palavras
Teço versos
Texturizando emoções
Num tear rudimentar
Uso fios que vivi
Outros que espero viver
Misturo cores e sonhos,
Felicidade e frustrações
Em tapeçaria viva
Feita de sangue e esperança.

Um comentário:

Corujinha disse...

Lindo lindo, Veca! Parabéns! Vc. tem uma incrível habilidade em sensibilizar o leitor! É densa, forte, sem perder a suavidade. Beijocas!