quarta-feira, julho 23, 2008

Jorge da Capadócia

Para que o bem não se canse de lutar todos os dias. Para que Deus nos proteja e nos ilumine sempre. Para que nossas armas seja o amor, Caetano canta Jorge Ben Jor em Jorge da Capadócia: uma oração ao Santo Guerreiro.






"Jorge sentou praça na cavalaria
E eu estou feliz porque eu também sou da sua companhia
Eu estou vestido com as roupas e as armas de Jorge
Para que meus inimigos tenham pés e não me alcancem
Para que meus inimigos tenham mãos, não me toquem
Para que meus inimigos tenham olhos e nao me vejam
E nem mesmo um pensamento eles possam ter para me fazerem mal

Armas de fogo,meu corpo não alcançará
Espadas, facas e lanças se quebrem, sem o meu corpo tocar
Cordas, correntes se arrebentem, sem o meu corpo amarrar
Pois eu estou vestido com as roupas e as armas de Jorge

Jorge é de Capadócia, viva Jorge!
Jorge é de Capadócia, salve Jorge!

Perseverança, ganhou do sórdido fingimento
E disso tudo nasceu o amor
Perseverança, ganhou do sórdido fingimento
E disso tudo nasceu o amor

Ogam toca pra Ogum
Ogam toca pra Ogum
Ogam, Ogam toca pra Ogum

Jorge é da Capadócia
Jorge é da Capadócia
Jorge é da Capadócia
Jorge é da Capadócia"

2 comentários:

AnadoCastelo disse...

Caetano é sempre um clássico, mesmo que cante novas ou antigas músicas. Gostei.
Beijinhos

Evelyne Frtado disse...

Salve, Jorge! Salve, Ana! Salve, Caetano!
Beijos, querida.