quarta-feira, abril 23, 2008

Uma Manhã de Caos.


A chuva inundou Natal em poucas horas. O percurso até o trabalho foi repleto de emoções, causadas ora pelas correntezas que arrastavam tudo pelas avenidas, ora por cascatas descendo os canteiros. Tomei um susto enorme quando aquela água toda caiu como uma cachoeira atingindo meu carrinho. No caminho muitos automóveis parados dentro de poças d'água. Bravamente segui até meu local de trabalho, onde um muro havia caído e em seguida a energia elétrica também. Uma manhã de caos.
No retorno já não chovia tanto, mas eu não via a hora de chegar em casa. Imagino que muitos estão desalojados na capital e no interior do estado. É hora de nos unirmos à rede de solidariedade que já havia se formado quando as chuvas ainda não haviam chegado ao litoral.

2 comentários:

AnadoCastelo disse...

Oi querida, isso está bravo por esses lados. A vossa Prefeitura tem de resolver o escoamento das águas. Mas eu não me admira porque por aqui às vezes isso também sucede. Mas ainda bem que está tudo bem cosigo.
Beijinhos

Evelyne Furtado disse...

Oi, Ana!
Obrigada, querida. Hoje Natal está clara e solar como você conhece. E o calor voltou.
Beijos